sexta-feira, 9 de março de 2012

Os 24...

Quem me conhece sabe que todo ano eu faço uma página um pouco antes ou um pouco depois do meu aniversário... E a deste ano, saiu ontem, inspirada em uma página de uma artista chamada Olenka.
E para acompanhá-la....


Detalhes:



Encontrei este texto...

Eu tenho 24 anos e ainda brinco de me equilibrar no meio fio,
Pulo amarelinha e ando de bicicleta


Eu tenho 24 anos e não perdi as esperanças
Conservo os velhos sonhos, guardo um coração de criança
Um otimismo indecente pra coisas impossíveis e inacreditáveis


Eu tenho 24 anos e às vezes acho que Shakespeare estava enganado, não aprendemos a aceitar nossas derrotas com a cabeça erguida e a graça de um adulto
Há dias em que bato o pé e faço birra como se tivesse cinco anos


Mas eu tenho 24!

Eu não falo inglês, nem qualquer outro idioma
Não fui muito longe nas viagens e nem conheço de perto outras culturas
Pode se dizer que eu não tenho experiência ou conhecimento prático
Mas se você tiver paciência, até que minhas aventuras rendem algumas histórias
E ainda não sei cozinhar, nem dirigir ( isso eu sei tá! =) ) 

Não aprendi a costurar, nem consegui exercer a profissão que consta no velho diploma da faculdade


Eu tenho 24 anos e não sei nadar ( sei sim uhauahauhau)
Sou estabanada, não sei andar de salto alto, tão pouco sou um exemplo de feminilidade
Nunca cavalguei e todas as minhas tentativas de fugir de casa deram errado


Eu tenho 24 anos e às vezes subo no telhado, pra ver a lua de perto
Ou paro na estrada pra admirar pelo retrovisor, o sol nascer alaranjado


Eu tenho 24 anos e queria ter mais pra poder ter visto Elvis Presley e o Beatles
Queria ter sido hippie ou participar das greves, das passeatas e movimentos estudantis
Carrego essa visão romanceada sobre quase tudo


Eu tenho 24 anos e moro com a minha mãe
Só trabalho meio período e assisto Sessão da Tarde
Se fosse de manhã, assistiria desenho animado


Eu tenho 24 anos e não sei o que isso quer dizer
Eu quase não discuto política, nem mudei os rumos da humanidade
Não criei nada extraordinário, acabo a pós-graduação sem nenhum grande resultado


Eu tenho 24 anos e às vezes acho que não levo a vida a sério
Ao mesmo tempo em que, pensando bem, fui poucas vezes adolescente de fato




Eu tenho 24 anos e ainda não sei o que fazer da vida
Achava que sabia, ou saberia quando tivesse 15, depois quando tivesse 18 ou 20
Mas eu tenho 24 e quase todas as mesmas dúvidas de quanto eu tinha 12


Eu tenho 24 anos e ainda tenho medo do bicho papão
E volta e meia imploro colo e quero a minha mãe


Eu cresci
Mas tenho 24 anos e ainda tenho medo
De acidente, de perder meus pais e entes queridos
De envelhecer, de não envelhecer
De nunca me casar e não ter filhos
De casar e ter filhos
De ter feito tudo errado
De nunca chegar lá, de chegar e não saber voltar
De sair de casa
E de ter que voltar pra casa
De decepcionar, ou de ter sonhado demais
Eu tenho 24 anos e ainda temo o futuro


Eu tenho 24 anos e isso não quer dizer nada
Sou a criança mais velha do mundo
Uma adolescente tardia
Uma adulta de meia idade
Viciada na vida, irrecuperável
Vivendo todas as fases, todos os dias, de uma vez só


As vezes eu olho pra trás e vejo o quanto as coisas melhoraram
As vezes olho pra frente e vejo o quanto ainda falta melhorar
As vezes, não enxergo nada...


Tem dias que eu queria ser criança
Tem dias que eu quero mesmo ser adulta
E em outros, eu já queria ser vovó


O que acontece mesmo é que, o presente está rolando enquanto eu escrevo
E a vida se encarrega, independente do nosso esforço, de por tudo no lugar


Pode ser que nada saia como planejado
E isso pode ser ruim
Mas pode ser ainda melhor
Deixe que corra e aconteça


Enquanto isso, eu tenho 24 anos e um tanque de roupas pra lavar...




Eu infelizmente não sei quem é o autor... Mas me encantei com o texto, me identifiquei tanto! 
Adaptei algumas coisas....






É isso....
Que venham os 24....
Beijos



12 comentários:

Crie Artezzanato disse...

Oiee..

Ficou linda e bem diferente a maneira como colocou a foto.

Bjus

Val
www.crieartezzanato.blogspot.com

Rosalie disse...

Muito lindo o texto amiga.
Sei que com so os 24 voce ja é merecedora de aplausos e elogios.
Parabéns garota!
Sua fã
Rosalie

Rosalie disse...

Eu de novo, amei o LO, acompanho sua arte e a cada ano eles estao mais belos.
Beijos querida
Rosalie

Patrícia disse...

Ah... o meus 24!!!... rsrs...
Linda página Raíssa e o texto é bem bacana mesmo!

Kátia Cris disse...

Raissa, arrasou flor!
Ficou muito, muito lindo seu LO!!!
Um registro maravilhoso dos seus 24. rs
beijos

Ana Roberta disse...

ficou lindo Raissa!!!!!!! bjs

Solange Marques disse...

Muito muito lindo Raíssa. Adorei esse texto também!

Carla Melo disse...

Amei o LO... o texto é realmente lindo!!!!
Beijos e saudades

Czekoczyna disse...

I really like your layouts. :)

Keylla Goes disse...

Olá Raissa!
Nossa que texto maravilhoso!!!! Com 24 anos toda esta reflexão eu com o dobro já vi e vevi muitas de algumas coisas sitado nele.
Adorei!!!!!!!!!!
Sua página ficou simplesmente maravilhosa.
Te desejo uma ótima semana.
Beijinhos.

Marcia Kamano disse...

Lindo LO! Adorei o modo como vc dispôs a foto!
O texto tbm muito lindo!
beijos carinhosos

Chris Macedo disse...

uau...amigaa......
que lindo....
AMODOREI seu LO!!!
fiou demais!
PARABÉNS!
Bjinhos